ponto.por.ponto

Dia do Pai

Posted on: 19 Março 2009

            Por cada sorriso que me deste.

            Por cada ferida que curaste.

            Por cada lágrima que limpaste.

            Por cada erro que perdoaste.           

            Por cada sonho mau que ajudaste a esquecer.

 

            Um amor finitamente-infinito, impossivelmente-possível, alcançavelmente-inalcansável.

 

            Por cada sorriso que sempre me darás.

            Por cada ferida que sempre curarás.

            Por cada lágrima que sempre limparás.

            Por cada erro que sempre perdoarás.

            Por cada sonho mau que sempre ajudarás a esquecer.

 

            És mais que homem, és mais que deus. És Pai.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: